Quando volta a menstruação depois do parto?

Justo depois de parir, durante a famosa quarentena, todo mundo sabe que vai passar umas semanas expulsando os lóquios: fluxo sanguinolento que passa de vermelho brilhante a rosado e logo a amarelado-esbranquiçado. E que depois, pode passar um tempo sem menstruação.

 

Mas quanto tempo?? Essa é a questão.

 

Existe uma crença errônea de que a menstruação volta logo depois dos 3 meses do nascimento e isso não é assim.

 

O útero da grávida é enorme e está coberto por dentro por uma capa grossa recheada de muito sangue para dar sustento a tanto peso e requerimento nutritivo e de oxigênio.

 

Depois do nascimento do bebê e da placenta, o útero deve voltar ao seu tamanho e, para isso, tem que expulsar pouco a pouco toda essa capa que forra ele.

 

Por isso, durante mais ou menos 40 dias vamos estar expulsando sangue.

 

Nos primeiros dias, os lóquios são de “sangue vivo” e pouco a pouco diluído com um líquido seroso que dá essa tonalidade âmbar até voltar a ser o muco normal de antes da gravidez.

 

Tem mulheres que estão toda a quarentena manchando e outras que aos 15 dias já não mancham nada. Então, já viu que não vale aquilo de se comparar, não é?

 

Aproximadamente, aos 39 dias pós-parto nenhuma mulher deveria estar manchando de forma continuada no tempo. Isso pode ser indicativo de algum problema. Assim que deveria acudir ao médico para uma revisão.

 

Depois desses 39º dia e de um espaço de tempo variável entre cada puérpera, onde não há nenhum tipo de sangramento, todo novo sangramento deveria, em um principio, ser considerado menstruação.

 

Porque umas mamães menstruam logo de pararem os lóquios e outras muito depois?

Pois porque cada mulher é um mundo, cada corpo é um mundo e porque depende também de outros fatores que vou explicar agora:

 

Partindo da base de que, por temas hormonais e de herança genética, menstruamos diferente, também o tipo de alimentação que damos ao bebê e a toma de anticoncepcionais influi e muito na volta do ciclo menstrual, que está estreitamente ligado à recuperação da fertilidade.

 

Se você começar a usar contraceptivo hormonal, seu ciclo vai ser alterado e é possível que nem sequer chegue a saber quando já voltou a “trabalhar” como antes da gravidez, já que os sangramentos mensais que aparecem quando tomamos hormônios para não engravidar não são menstruações verdadeiras.

 

Por outro lado, está a influência o tipo de alimentação do recém-nascido.

Há um hormônio que toda puérpera produz, a prolactina, que serve para a produção de leite materno e se mantém presente no organismo de forma normal enquanto houver estimulação da glândula mamaria, ou seja, enquanto o bebê estiver mamando do peito.

No caso de aleitamento artificial, os níveis de prolactina descenderão rapidamente até acabar desaparecendo por completo, ou vai se manter mais ou menos elevados segundo seja aleitamento materno exclusivo ou não.

 

E o que a prolactina tem a ver com a volta da menstruação?

Pois muito!

Se os níveis desse hormônio se mantêm altos, inibem os hormônios implicados na fertilidade e por esse motivo, a menstruação não desce.

 

Então isso quer dizer que enquanto eu não tiver menstruação, eu não sou fértil? Posso ter relações que não vou engravidar?

Não precisamente.

 

Durante o aleitamento materno, só é confiável ter relações desprotegidas e não engravidar se se cumprem as seguintes condições:

 

  • Antes dos 6 meses do nascimento
  • Aleitamento materno exclusivo (somente peito, nada de agua, de chazinho nem nada de suplementos de leite artificial)
  • Sem nenhuma menstruação desde que cessaram os lóquios (sangramento pós-parto)
  • Que não passem mais de 4 horas sem mamar de dia e 6 de noite.

 

 

Devem dar-se todas essas condições juntas para que as possibilidades da mulher engravidar sejam as mesmas que se ela utilizasse um contraceptivo. Sendo ainda mais eficaz durante os primeiros 3 meses e algo menos, no segundo trimestre (sobre 1% de possibilidade de falho deste método).

 

Quanto mais mamar o bebê, mais possivelmente manterá níveis altos de prolactina e por tanto, níveis baixos de hormônios que favorecem a fertilidade, ou seja, mais difícil será que a menstruação apareça.

 

E aí é quando muita gente pensa que não é bom para o organismo da mulher não menstruar.

 

Muito pelo contrário, é precisamente isso que faz com que exista uma certa proteção do câncer de útero e ovários. O que não acontece se suprimimos a menstruação de forma artificial.

 

 

No meu caso, com a minha primeira filha (Sara), a minha menstruação voltou justo aos 18 meses do nascimento. E depois não voltou mais porque fiquei grávida de novo.

Do segundo filho (Anxo), voltou aos 20 meses. Ou seja, mês passado. Confesso que tive sentimentos encontrados de alegria por saber que já volto a ser fértil e de decepção, por voltar a ter que andar me preocupando com que dia vai descer de novo e tudo o que implica.

A segunda ainda não veio. Deveria ter vindo há 2 semanas e meia. Mas acontece que justo quando veio a primeira menstruação foi quando Anxo adoeceu de Kawasaki e passou 10 dias só tomando peito. Isso fez com que os níveis de prolactina aumentassem, impedindo que eu ovulasse este mês e por tanto, que a menstruação baixasse de novo. Outra possibilidade é que eu esteja grávida, coisa que já descarto depois de 2 testes negativos 😉

dr-sugiyama-font

 

No seu caso, quando desceu a sua menstruação depois do nascimento do seu filho? Era alimentação artificial ou natural?

Feliz semana :*

Compartilhe...Share on Facebook
Facebook
Email this to someone
email
Print this page
Print

3 Replies to “Quando volta a menstruação depois do parto?”

  1. Nossa! Quanta informação de qualidade nesse site. Parabéns e sucesso

  2. Olá. Tenho um bebê de 1 ano e 15 dias. Ele mama muito ainda, apesar de já comer de tudo. Fica bem se eu estiver longe, mas se eu estiver por perto, quer mamar, especialmente pra dormir. Não tomo contraceptivos e por enquanto nada de menstruação. Fico feliz, mas por outro lado, queria ter outro bebê.

    1. Oi, Andrea! Seu neném ainda é muito pequeno. Com 1 ano, o peito ainda é muito necessário. Fica tranquila que pouco a pouco ele vai ir se interessando por otras coisas e vai alargar mais as mamadas e a menstruação vai acabar chegando em qualquer momento. Também pode-se dar o caso de engravidar justo antes da menstruação chegar, nunca se sabe. Aproveita o seu neném que logo logo tudo pasa. Bjs
      Daniela Glez

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: