Como dar banho no recém-nascido passo a passo. A guia mais completa

O primeiro banho do filho ninguém esquece!

 

Ainda porque costuma ser uma cena, até mesmo, meia cômica.

 

Estamos um pouco nervosas porque não sabemos muito bem como segurar o bebê, esquecemos de alguma coisa imprescindível e não temos quem nos possa trazer, o neném faz cocô dentro da banheira ou até mesmo encima da gente na hora de pegar no colo para secar, ele escorrega, vomita, não para de chorar ou adormece e um longo etc.

 

Não é tarefa fácil, na verdade. Tenhas certeza de que os primeiros banhos podem chegar a ser até meio estressantes tanto para você como para seu bebê. Muito longe do ideal dos banhos relaxantes, gostosos e cheios de paz que imaginamos quando estamos grávidas.

 

Mas, tranquila! Porque se você vai sabendo já direitinho como segurar o bebê, como limpar cada área do corpinho dele, que produtos usar, que material deve ter preparado antes e todos os detalhes para que nada te pegue por surpresa, a hora do banho vai ser um momento delicioso para vocês dois.

 

Vamos conferir?

 

 

  • Quando posso dar o primeiro banho no recém-nascido?

 

Realmente quando você quiser.

 

Por poder, pode no mesmo dia do nascimento, mas o recomendável é que passem mínimo 24 horas.

 

Os recém-nascidos não regulam direito ainda a temperatura do corpo e por isso, são sensíveis às mudanças bruscas de temperatura ambiente.

Molhar o corpinho, por mais que a água esteja quentinha, pode esfria-lo, já que a pele molhada em contato com o ar, baixa rapidamente uns graus.

 

Outro motivo é que eles nascem recobertos de uma capa de gordura chamada vérnix. Se vê perfeitamente como uma pasta branca que se concentra principalmente nas áreas de dobrinhas.

O vérnix serve para proteger a pele delicada do bebê e ajuda à adaptação do meio aquático (dentro do útero) ao meio aéreo (ambiente externo).

O ideal é esperar que esse hidratante natural, pouco a pouco, vá se reabsorvendo só, antes de dar o primeiro banho. Isso costuma acontecer 1 semana depois do nascimento.  O problema é que, na maioria das maternidades, não permitem esperar mais de 24 horas. Mas você não perde nada por sugerir que não se dê banho no seu bebê durante a estancia de vocês no hospital.

 

 

  • Lista do material necessário para o banho.

 

Tenha preparado tudo isso antes de despir o bebê.

 

  1. Banheira:

Em primeiro lugar, saiba que a banheira não é imprescindível. Para minha primeira filha nos deram de presente uma banheira que só usamos em contadas ocasiões.

 

Ele pode perfeitamente tomar banho com você. Realmente, para o bebê é a melhor forma, já que se sentem mais seguros nos braços dos pais.

 

Isso sim, é preciso ter cuidado com segurar bem firme para que não escorregue. Um truque é segurar ele na posição se nanar, com um pano tipo gase estendido entre o seu braço e as costas dele, para não escorregar.

 

Outra forma também é dar o banho sentada, com ele apoiado com as costas nas suas pernas, assim você pode usar as duas mãos (sempre que seja um recém-nascido, já que quase não se move).

 

Há várias banheiras no mercado, mas a mais recomendável, já que serve também para aliviar os gases, é a tipo balde, conhecida como Ofurô. Essa banheira permite que o bebê se mantenha (sempre com apoio) em posição vertical e encolhido, favorecendo a expulsão e alivio dos gases que causam as cólicas.Tenha precaução de não encher por cima do peito dele para ter sempre boca e nariz longe da água.

 

O tema da banheira é uma questão pessoal. Eleja a que mais se adapte às necessidades de vocês.

 

  1. Toalha

Importante que seja macia e que já tenha sido lavada, pelo menos uma primeira vez. Para lavar, utilize sabão de coco ou neutro e enxague muito bem para não ter restos de sabão.

 

Deve estar bem à mão ou estendida bem pertinho do lugar do banho.

 

  1. Muda completa de roupa

Também, deve ter sido lavada pelo menos uma vez.

 

  1. Gel de banho para bebês / sabonete sem sabão / sabonete neutro

Melhor que seja bem suave e não contenha parabenos entre os ingredientes.

Preferível os de pulsar encima que os de tampa de rosca ou que tenham que virar de cabeça para baixo para extrair o produto, já que você só vai ter uma mão livre, a outra estará sempre segurando o bebê.

 

  1. Esponja macia

Não é imprescindível. Pode usar as suas mãos mesmo.

 

  1. Óleo de massagem / creme hidratante

Também livres de parabenos.

As últimas recomendações oficias são hidratar a pele só mesmo quando se nota que está ressecada.

Podem ser usados também para dar massagem depois do banho. É ótimo e eles adoram. É uma excelente forma de fortalecer o vínculo e relaxar o bebê.

O óleo também pode ser usado para o banho em vez de gel ou sabão. Basta com colocar umas gotinhas na agua da banheira ou diretamente no corpinho.

 

  1. Fraldas

Mínimo 2, por se ele faz cocô bem na hora de colocar a fralda.

 

  1. Creme para assadura

Não deve ser usado com cada troca de fralda, somente se o bum-bum está irritado.

 

Tenha sempre por perto por se for necessário usar.

 

  1. Escovinha de cabelo

Importante que seja macia.

Muitos recém-nascidos nem precisam porque quase não têm cabelo.

 

  1. Colônia suave

A recomendação é não usar, já que os recém-nascidos têm o olfato muito sensível e podem se sentir irritados com o cheiro.

 

Em caso de que você quiser que cheire a colônia, que o cheiro seja muuuito suave e nunca passe diretamente na pele, melhor na roupa.

 

 

  • Temperatura da água

Ideal 36ºC.

 

Não é necessário comprar um termômetro. A parte de baixo da sua munheca é um termômetro ótimo! Nessa área, a pele é mais sensível. Você deve notar uma temperatura confortável.

 

Não meça a temperatura com o cotovelo. Nessa área, a pele é muito grossa e não sente direito a temperatura real.

 

 

  • Como dar o banho

 

 1. Primeiro, feche portas e janelas para evitar correntes de ar e avise em casa de que não as abram durante o banho.

 

   2. Se o espaço escolhido estiver frio, vai ser preciso esquentar previamente

 

 3. Já com todo o material preparado e ao ladinho de vocês e, no caso de usar banheira, com ela já cheia e na temperatura e altura ideal, tire toda a roupinha e a fralda usada do bebê, falando com ele, explicando o que vai acontecer, de forma tranquila e baixinho para que ele associe esse momento com algo agradável.

 

4. Molhe primeiro os pesinhos para que ele não se assuste. E pouco a pouco vá introduzindo ele na agua.

 

 5. É momento de cantar e transmitir muita tranquilidade.

 

6. Para segurar o bebê durante o banho, você vai apoiar as costas dele no seu antebraço, segurando, por debaixo da axila, o braço dele que está mais perto dessa sua mão (ou seja, se vai usar o seu braço esquerdo de apoio, com essa mão, você vai segurar o braço esquerdo dele). Com a sua outra mão, lave bem todas as partes do corpinho. Não esqueça das dobrinhas.

 7. Com a esponja ou sua mão diretamente mesmo, vá molhando e limpando. Comece pela carinha e deixe genitais e bum-bum por último. Lembre das axilas, pescoço, entre dedos dos pés, palmas das mãos (que costumam estar fechadas).

 

   8. E o umbigo? Pode lavar com água e sabonete e secar bem. Não deixe longo tempo de molho.

Veja este post e saiba como cuidar e limpar.

 

   9. Se tiver vérnix, não tente tirar, só passe uma aguinha, mesmo.

 

 10. Retire todo resto de cocô do bum-bum e genitais.

 

11. Enxague bem para que não fique nenhum resto de sabão na pele.

 

 12. Envolva-o na toalha e seque bem, a toquezinhos, nunca arrastando. Lembre de cada dobrinha, assim como virilha, axilas e debaixo do pescoço. Não deixe umidade, já que pode assar. Limpe e seque as orelhinhas com a toalha mesmo. Nunca utilize cotonetes, pode ser perigoso.

 

13. Para limpar os olhinhos de remelas, use uma gase úmida e arraste suavemente de dentro a fora, ou seja, desde o cantinho do olho que está perto do nariz até o cantinho do rabinho do olho.

 

14. Coloque a fralda aberta debaixo do bum-bum e passe o hidratante se necessário ou inicie a massagem. Só depois passe o creme para assadura, se necessitar e feche a fralda.

 

15. Vista toda a roupinha e passe a colônia nela, se quiser.

 

16. Passe a escovinha no cabelo, se precisar.

 

 

  • Tempo do banho

Se o bebê estiver tranquilo, pode prolongar um pouquinho (como muito, 20-30 minutos, sempre e quando a temperatura da água se mantenha e o umbigo já estiver seco).

 

Se ele está nervoso e não há maneira de acalma-lo, reduza ao máximo o tempo do banho.

 

 

  • Momento do banho

Antes ou depois de tomar o peito ou a mamadeira?

Ao ser recém-nascidos, é indiferente, já que tomam pouca quantidade e ao estar a água a uma temperatura similar à do corpo, não produz corte de digestão.

 

A hora do dia, depende, mais bem, das necessidades da família e de se o bebê se acalma ou fica mais nervoso depois do banho.

Se se acalma, melhor à noite, se, pelo contraio, fica agitado, melhor de dia.

 

 

  • Cada quanto tempo?

Não é necessário nem é bom que seja diariamente, já que a pele deles é muito sensível e a água e sabões arrastam a proteção natural.

 

Um recém-nascido quase não se move e, se você não abrigar exageradamente, quase não sua. Por tanto, não vai se sujar praticamente nada.

 

Sabendo isso, cabe a cada família decidir cada quanto tempo banhar o seu neném.

 

 

 

Nas primeiras vezes, você vai se sentir muito desastrada, mas pouco a pouco vai pegando prática e depois vai tudo no automático.

 

Seguindo esse passo a passo, não tem como se atrapalhar.

 

dr-sugiyama-font

Compartilhe...Share on Facebook
Facebook
Email this to someone
email
Print this page
Print

3 Replies to “Como dar banho no recém-nascido passo a passo. A guia mais completa”

  1. oi gente
    gostei muito desse site, parabéns pelo trabalho. 😉

    1. Muito obrigada!! :*

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: