Socorro!! Minha bebê está menstruando!

Sua neném já nasceu, vocês até já estão em casa e está tudo tranquilo. Claro que surgem algumas dúvidas e você ainda se sente meio atrapalhada com a rotina diária mas vai se adaptando direitinho a esta nova etapa de passar de ser filha a ser mãe.

Cuidar de um recém-nascido não é tarefa fácil e, apesar de ter contado os dedinhos das mãos e pés umas 4 vezes até comprovar que não falta nada e está tudo no lugar certo, mesmo assim, estamos alertas a qualquer sinal de que o bebê não está bem.

 

Mas aí, num dia qualquer, está na hora de mudar a fralda da sua recém-nascida e de repente…

 

SURPRESA!

 

Tem sangue na fralda!

 

Você sua frio! “Meus Deus, sangue! Isso não pode ser normal. Minha filha não está bem. Será que está sentindo dor?”

 

Mas sua filha está tão tranquilinha como sempre. Nada mudou.

 

O primeiro que você pensa é que esse sangue saiu do ânus, ou seja, do intestino. Mas examinando direito, você percebe que realmente parece ter saído da vagina, já que na entradinha tem mais sangue.

 

Aí sim que você leva as mãos à cabeça! “Socorro! Minha bebê está menstruando?!”

 

“Como é que pode isso? Com certeza há algo errado.” Você pega a sua filhinha e sai correndo para a emergência.

 

STOP!

 

Tranquilidade. Não se desespere. É completamente normal e muita gente não sabe disso. Habitualmente, os profissionais esquecem de avisar aos pais dessa possível situação e por isso você é pega desprevenida.

 

O sangue sempre assusta. Se é num bebê, mais ainda. E se vem dos genitais, então, nem se fala!

 

 

Por que as recém-nascidas podem menstruar?

 

Durante a gestação, a mãe tem níveis altíssimos de hormônios e acaba transferindo grandes quantidades de estrógenos ao feto, através da placenta.

Se se trata de uma menina, vai produzir um efeito completamente fisiológico de inchaço no útero, provocando que aos poucos dias de nascida ela tenha um pequeno sangramento pela vagina, conhecido como menarca neonatal.

 

Esse fenômeno natural e inofensivo se chama Mínima puberdade precoce de Jaquet e é tão pouco conhecido que é normal que qualquer mãe saia correndo ao hospital quando se depara com sangue na fralda da filha.

 

Que se chame puberdade precoce não quer dizer que a sua filha vá chegar a desenvolver uma puberdade precoce de verdade. Uma coisa não tem relação com a outra.

 

 

Quando aparece a menarca neonatal?

 

Costuma aparecer entre o terceiro e o quinto dia de vida, ainda que é possível que surja um pouquinho mais tarde, já que os estrógenos também podem ser transmitidos através do leite materno.

 

 

Quanto pode durar?

 

Pouquíssimos dias. Ao redor de 1 a 5, sendo que ao passar dos dias, a quantidade vai diminuindo.

 

 

Todas as bebês meninas passam por isso?

 

Não. Nem todas. Estima-se que aproximadamente o 50% das recém-nascidas apresentam esse fenômeno. E muitas passam despercebidas já que, às vezes, a quantidade é tão pouca que misturada com o xixi, nem dá para distinguir.

 

Você pensa que o xixi está um pouquinho mais concentrado e por isso se vê mais laranjinha.

 

 

Tenho que fazer alguma coisa?

 

Absolutamente, não.  Nem limpar por dentro nem tapar com gase. Troque a fralda frequentemente, como sempre e limpe a área genital como de costume.

 

Não tem que fazer nada. Só esperar passar.

 

Não se preocupe que sua neném nem percebe e não sente nada diferente.

 

 

Quando devo me preocupar?

 

Se você visualizar sangue na fralda da sua bebê, o primeiro que você deve fazer é procurar de onde procede.

 

Sendo recém-nascida, o mais provável é que seja a menarca neonatal e por tanto, que saia da vagina. Assim que olhe na entrada dos genitais para comprovar que vem daí.

 

Deve ser pouca quantidade, que simplesmente manche a fralda. Não deve estar escorrendo ou pingando sangue continuamente.

 

Ao quinto dia já deveria aparecer tão pouca quantidade de sangue que fosse quase imperceptível. Se após o quinto dia, ainda sai sangue igual que o primeiro, consulte com o pediatra para descartar outro possível problema.

 

 

 

É normal, também, que a recém-nascida apresente um fluxo vaginal esbranquiçado ou até mesmo transparente. Também é por conta dos hormônios maternos e, igual que a menarca neonatal, não tem que fazer nada especial. Só esperar passar.

 

Minha filha teve puberdade precoce de Jaquet. Lembro que demorou uns 3 ou 4 dias até que desapareceu qualquer rastro de sangue.

 

Vocês não acham algo supercurioso?

 

dr-sugiyama-font
 

Agora, me conte. Você sabia que as bebês podiam chegar a menstruar ou ficou surpreendida? Conhece alguma neném que tenha passado por isso? Como a mãe reagiu?

Compartilhe...Share on Facebook
Facebook
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: