As 7 chaves para uma amamentação bem-sucedida

Já durante a gravidez, uma das muitas questões a decidir, é como alimentaremos o nosso bebê.

 

Hoje em dia, a maioria das mães optam pelo aleitamento materno, já que está mais que provado que o leite de fórmula não é inócuo para o bebê, que tem seus riscos, tanto para a criança, como para ela mesma, por inibir o aleitamento natural (veja aqui). Que foi inventado para salvar crianças que não podiam ter acesso ao leite materno (órfãos, mães portadoras de doenças incompatíveis com o aleitamento…). E para esses casos, e somente nesses casos, o leite artificial é ótimo.

 

Cerca dos 97% das mães brasileiras decidem alimentar os seus bebês com o próprio leite. Mas, por que será que só menos do 40% chegam aos 6 meses de aleitamento materno?

 

Devemos ter em conta que as principais autoridades de saúde mundiais recomendam que os bebês sejam alimentados exclusivamente com o leite da mãe e que, a partir dos 6 meses e até MÍNIMO os 2 anos, continuem tomando esse leite, junto com outros alimentos.

 

Será que é tão difícil cumprir com esses mínimos?

 

O caso é que há muita desinformação. E isso, porque perdemos a cultura da amamentação.

 

A quantos bebês você conhece que continuam mamando aos 2 anos? Com certeza, muito poucos.

 

As multinacionais de leite de fórmula fizeram muito estrago. Fizeram que ninguém confiasse mais na capacidade das mulheres para alimentar às suas crias.

 

Pense bem, é tão absurdo alimentar um bebê humano com leite de outra espécie…

Mas essas grandes empresas fizeram uma excelente campanha de marketing durante anos e anos (mais de 70, para ser mais concreta) que nos fez acabar acreditando que o nosso leite não serve, que o deles é muito melhor ou que os nossos peitos não são órgãos competentes com a sua função.

 

Por isso não confiamos no nosso corpo e acabamos dando aos nossos filhos um leite de pior qualidade, achando que estamos fazendo o melhor para eles.

 

Mulher, você tem o melhor e mais nutritivo alimento para o seu filho aí nos seus peitos. Não duvide da sua capacidade de alimentar ele, nem da capacidade dele de extrair esse ouro líquido.

 

Agora, assista ao vídeo para descobrir as 7 chaves de um aleitamento materno bem-sucedido e poder dar o melhor alimento do mundo ao seu bebê sem problema nenhum.

 

Se gostou do post e do vídeo, não esquece de dar um like e compartilhar para alcançar a quantas mais mulheres melhor. Põe, também, o seu grãozinho de areia neste mundo. É preciso mudar mentalidades e recuperar a cultura da amamentação.

 

Muitíssimo obrigada, de coração.

dr-sugiyama-font

Compartilhe...Share on Facebook
Facebook
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: